Vem aí a Grande Caravana Pela Justiça Climática

Um numeroso grupo de associações e coletivos de defesa do ambiente lançou um manifesto e tomou a iniciativa de promover  esta “Grande Caravana”.

A crise climática é o tempo das nossas vidas. Enquanto empresas e governos repetem fórmulas esgotadas para políticas insuficientes, a degradação do clima destrói o nosso futuro coletivo.

Cheias, secas, tempestades fora de época, subida do nível médio dos oceanos, sua acidificação e alteração das complexas correntes marítimas, incêndios florestais, libertação do metano pelo degelo das regiões árticas, perda irreversível da biodiversidade e degradação do ar, dos solos e das massas de água são a consequência direta de escolhas deliberadas tomadas nas últimas décadas pelo aparelho produtivo e pelo poder político a nível global.

Perante este estado de coisas, não estivemos nem ficaremos parados. Em abril de 2022, em Portugal e por todo o mundo, vamos metermo-nos ao caminho, percorrendo centenas de quilómetros em vários países para assinalar alguns dos responsáveis por esta crise e para falar diretamente com as comunidades mais afetadas.

Por isso, em abril – entre dia 2 e dia 16 — em Portugal, o Movimento por Justiça Climática vai marchar da Figueira da Foz rumando ao interior através de Pedrógão Grande, Oleiros, Vila Velha de Ródão e muitos outros lugares, descendo ao longo do Tejo até Lisboa.

Aqui pode ver o programa completo da Grande Caravana pela Justiça Climática. E aqui estão os contactos da organização

 

Deixe um comentário