Plataforma ecossocialista Convergência apela à “mobilização para uma vitória do Bloco nas Legislativas”

A plataforma ecossocialista do Bloco de Esquerda – Convergência, divulgou um comunicado em que apela à mobilização das forças militantes e ativistas para uma “vitória do Bloco nas Legislativas”, com a conquista de mais votos e de maior representação parlamentar “para que as condições de apoio aos anseios populares de melhores condições de vida e às reivindicações dos movimentos sociais contem com uma esquerda reforçada também no Parlamento e determinada nas mudanças que se exigem.”

Reproduz-se de seguida o comunicado:

“O Bloco de Esquerda é a força política em Portugal capaz de unir amplos setores da sociedade pelas mudanças que se exigem em defesa da dignidade das condições laborais, com alterações no código do trabalho e aumentos salariais, no reforço do investimento nos serviços públicos, em especial no depauperado SNS, na construção de um serviço nacional de habitação pública que mobilize recursos do Estado, das autarquias e do setor cooperativo pelo direito à habitação, na urgência da Regionalização como instrumento para a descentralização e aprofundamento da democracia, por uma transição energética que garanta os direitos dos trabalhadores afetados, defenda o ambiente e os sistemas ecológicos e constitua uma resposta efetiva à crise climática.

O Bloco de Esquerda é o partido que se dirige à maioria da população, aos trabalhadores e trabalhadoras, aos mais jovens lançados na precariedade , aos trabalhadores/as da investigação, das ciências e das artes, a quem sofre as várias formas de discriminações – de género, étnicas, de orientação sexual, pela condição de deficiência, entre outras – na luta por condições socioeconómicas, pelos direitos de igualdade no acesso à saúde, à educação, à cultura e à proteção social. É o nosso partido, de quem trabalha, de quem sofre as agruras do dia-a-dia, de quem luta pela subsistência imposta pela exploração de um sistema injusto, apenas focado no lucro máximo, no crescimento infinito do capital e que conta, para isso, com o colete de forças neoliberal da União Europeia, dos tratados e das medidas impostas aos países membros.

O Bloco de Esquerda tem de partir para as eleições legislativas de 30 de janeiro com a determinação política de polarizar à esquerda, porque quem não polariza perde. Sem tibiezas e com bandeiras próprias – as do Programa Eleitoral – impedir que a campanha se afunde nas discussões, tão do agrado dos partidos que pensam ganhar as eleições, sobre a reedição de um qualquer novo tipo de ‘geringonça’ ou de um ‘bloco central’ que só potenciam a concentração de votos no PS.

O Bloco de Esquerda, mobilizado na afirmação do seu Programa e claro na definição das suas linhas vermelhas, combate por um resultado eleitoral que se traduza em mais votos e mais representação, para que as condições de apoio aos anseios populares de melhores condições de vida e às reivindicações dos movimentos sociais contem com uma esquerda reforçada também no Parlamento e determinada nas mudanças que se exigem.

Estas são as prioridades da Plataforma Ecossocialista Convergência. Mobilizar para uma vitória eleitoral do Bloco!

Convergência – Plataforma Ecossocialista do Bloco de Esquerda

16 dezembro 2021″

1 comentário em “Plataforma ecossocialista Convergência apela à “mobilização para uma vitória do Bloco nas Legislativas””

  1. A luta do BE deve ser a luta de todos.
    Infelismente assim não entendem alguns .
    Fazer campanha ?
    Como é possivel que as coordenadoras alinhadas com maioria actual do BE ignorem os Núcleos e camaradas que não apoiaram a sua Moção?
    Não enviam documentação nem convidam participar
    Nos consideram uma peste.
    Mentalidades doentias que nos levarão a uma derrota humilhante.
    Não aprendem nada com os tempos actuais.
    Estão dando votos a direita reacionaria

Deixe um comentário