Diretor Clínico empossado. E agora?!

Mais do que entrar em polémicas sobre se fulano ou sicrano teria, ou não, condições para assumir a direção clínica do Serviço de Saúde [na Madeira], enquanto utente do mesmo, interessa-me perceber de que forma os novos responsáveis se propõem resolver os problemas que, todos os dias, afetam largas de centenas de doentes que precisam de respostas eficazes por parte da Saúde na Região.

Toda a gente sabe qual a minha orientação política e, por isso mesmo, são sobejamente conhecidas as minhas naturais divergências – até de modelo de sociedade – com os atuais responsáveis governativos da Região. Com o Dr. Mário Pereira tenho diferenças de pontos de vista, alguns insanáveis, em tanta coisa e não é por acaso que estamos em espectros partidários opostos.

Todavia, neste momento, enquanto utente, interessa-me saber que medidas vai tomar o novo Diretor Clínico do SESARAM (Serviço Regional de Saúde da Madeira) para resolver tantos problemas que têm de ser resolvidos. O que vai ser feito para que eu, e todos os restantes utentes do nosso Serviço de Saúde, que se dirigem ao Centro de Saúde da sua área de residência, possam ser consultados e acompanhados.

Não se pode aceitar que tantas pessoas estejam há meses sem serem vistas pelo médico e sejam autênticas ‘bombas-relógio ambulantes’, que podem rebentar a qualquer momento. Precisamos de saber que medidas vão ser tomadas para agilizar as listas de espera para cirurgias, o que vai ser feito para garantir maior acompanhamento por parte dos técnicos de saúde mental a uma população que precisa tanto desses cuidados.

Estas e tantas outras respostas são as que as pessoas precisam. Se o Dr. Mário Pereira, com quem tantas vezes travei debates acesos no Parlamento, conseguir implementar mudanças que respondam às necessidades das pessoas, muitas dessas mudanças defendidas pelo próprio enquanto parlamentar, teremos um Serviço de Saúde melhor. Por isso, apesar do ruído, espero que tenha sucesso. Porque se o tiver ganha a Madeira e ganham os utentes do nosso serviço de saúde.

Deixe um comentário