Tráfego na A23 cai novamente: Portagens têm de acabar

A23_1 640x 360

No país e no segundo trimestre deste ano, a A23 foi a ex-SCUT em que mais caiu o tráfego automóvel, comparado com período homólogo do ano passado. Os dados constam de um relatório do Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT).
De acordo com esse documento, em média, na A23 circularam menos 1040 viaturas por dia (menos 16,7%) do que no segundo trimestre de 2012.
A par da crise e da consequente redução da actividade económica, para este resultado em muito terá contribuído a cobrança de portagens.
A esta luz, afigura-se ainda mais absurda a intenção do governo passar a cobrar portagem em todos os troços da A23. Será o caso do troço Torres-Novas/Entroncamento, até agora ainda não portajado, mas em que já foram instaladas câmaras tecnicamente apetrechadas para o sistema de cobrança.
Por iniciativa do vereador do Bloco de Esquerda, Carlos Matias, a Câmara do Entroncamento já tomou posição contra o estabelecimento de novas portagens.

Na Moção, apresentada pelo BE e aprovada em Julho último, a Câmara manifestou “ a sua discordância pela eventual aplicação de portagens na A23, no troço entre Torres Novas e Entroncamento”.

O documento sublinha que o Entroncamento e Torres Novas “constituem hoje quase uma única conurbação, a exigir planeamento, partilha e cooperação, de todo incompatíveis com portagens para ir, de forma célere e gratuita do centro de uma ao centro da outra”.

Também por iniciativa dos deputados municipais do Bloco, a Assembleia Municipal do Entroncamento já se pronunciou contra as portagens na A23. Igual posição foi tomada pela Assembleia da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, aqui por iniciativa de Luís Grácio, deputado regional do BE.

A candidatura do Bloco às próximas eleições autárquicas tem uma posição de princípio, contra as portagens na A23 e, em particular, contra as portagens no troço Entroncamento / Torres Novas. Trata-se, afinal, de uma posição coerente com o trabalho anterior e que os autarcas do BE se propõem continuar.

João Vieira João Vieira

Artigos relacionados

*

*

Top