Trabalhadores defendem a EMEF

MarchaEMEF 2014 12

Centenas de trabalhadores da EMEF e ex-trabalhadores da SOREFAME marcharam, hoje, entre as instalações desta empresa na Reboleira e o Ministério da Economia. Os trabalhadores reivindicaram investimento na EMEF. Exigiram ainda a dotação desta empresa com meios técnicos, humanos e financeiros com vista a reforçar a componente da reparação, manutenção e da construção de material circulante. Uma capacidade que Portugal perdeu quando há 10 anos, o governo de então encerrou a SOREFAME.

Os trabalhadores lembraram o que se passou com o encerramento da Sorefame. O País não pode aceitar que se faça o mesmo à EMEF, até porque esta empresa é o garante da segurança, qualidade e fiabilidade do material circulante da CP.

Com a destruição da EMEF Portugal fica totalmente dependente do estrangeiro no que concerne á construção e reparação de material circulante ferroviário. Hoje se Portugal quiser comprar um comboio tem que recorrer totalmente ao estrangeiro. No futuro, se a EMEF for destruída e for mecesssário reparar um dos actuais comboios da CP, tem que recorrer também a empresas estrangeiras.

A marcha que começou com a concentração na Reboleira, junto à instalações da EMEF, que estão instaladas nas antigas instalações da ex.Sorefame, às 9,30h e seguida de desfile que começou às 10,30h.

Esta luta contou com a solidariedade de Helena Pinto deputada do BE. Também estiveram presentes autarcas de vários concelhos em que a EMEF tem instalações. Do Entroncamento não esteve, contudo, qualquer autarca. Aos autarcas do Bloco de Esquerda na nossa cidade não chegou nenhuma informação ou convocatória para esta iniciativa.

No inicio e final da marcha registaram-se intervenções do coordenador do SNTSF, da CT da EMEF, de António Tremoço ex. trabalhador da SOREFAME, do coordenador da FECTRANS e de Arménio Carlos, secretário-geral da CGTP-IN.

Via Esquerda Via Esquerda

Via Esquerda

Via Esquerda é um órgão de informação digital do Bloco de Esquerda do Entroncamento, cujo objetivo é abordar a actualidade noticiosa local e nacional com interesse para a população do concelho.

*

*

Top