Pela água pública, no Entroncamento e na Europa

agua-torneira3 (640x340)

Na Europa, a privatização das águas tem estado debaixo da crítica dos cidadãos, com a Iniciativa de Cidadania Europeia “A Água é um Direito Humano” a conseguir reunir mais de um milhão e meio de assinaturas. Entre outros objectivos, esta Iniciativa procura impedir a liberalização dos serviços públicos e exigir que a União Europeia contribua e desenvolva mais esforços para todos os seres humanos tenham acesso à água e ao saneamento.

No Entroncamento, o fornecimento da água em alta (por “grosso”) foi entregue há alguns anos pela Câmara PSD à empresa Águas do Centro. Daí os pesadíssimos aumentos do preço da água aos consumidores. Mas o PSD quer mais: quer entregar-lhes também a distribuição da água a retalho. Lamentavelmente, o PS local continua silencioso sobre esta ameaça. E na Câmara só o Bloco se tem pronunciado frontalmente contra a ameaça de privatização total da água.

Daí esta iniciativa Cidadania Europeia “A Água é um Direito Humano” ser tão importante também para nós, cidadãos do Entroncamento. Para que a iniciativa seja aceite é necessário que recolha mais de um milhão de assinaturas, com um limite mínimo necessário em pelo menos sete países. Tanto o número de assinaturas como o limite por país já foram ultrapassados. Mas Portugal ainda está a 6 mil assinaturas de atingir o objetivo de 16500 assinaturas, tendo até dia 9 de setembro para o conseguir.

Acreditamos que a mobilização de tod@s poderá assegurar a continuidade da água no sector público.
(Foto de Jorge Cavalcante)

João Vieira João Vieira

Artigos relacionados

*

*

Top