Ministro do Ambiente recusa responder sobre revisão dos caudais mínimos do Tejo

Rio Tejo3

O Bloco de Esquerda questionou  o Ministro Moreira da Silva, na Assembleia  da República, sobre os caudais mínimos do rio Tejo e sobre a qualidade da água.

O deputado Luís Fazenda alegou que os caudais mínimos podem não estar a ser cumpridos. Várias entidades, nomeadamente associações ambientalistas, como a Protejo, têm alertado para o baixo caudal de água no Tejo e para constantes focos de poluição no mesmo.

Moreira da Silva respondeu que os caudais mínimos estão a ser cumpridos. O deputado do Bloco questionou ainda se o governo se empenha na revisão da convenção de Albufeira, se o Governo vai defender o aumento dos caudais mínimos acordados com o estado espanhol. Note-se que os caudais mínimos têm sido insuficiente para as necessidades do país e o estado espanhol nos acordos tem assumido o papel de quem detém a “torneira” do Tejo e como tal determina os caudais.

A pergunta foi colocada por duas vezes, mas por duas vezes o Ministro se recusou a responder. O Ministro do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia estava a ser ouvido  no âmbito das audições regulamentares da Comissão competente.

Via Esquerda Via Esquerda

Via Esquerda

Via Esquerda é um órgão de informação digital do Bloco de Esquerda do Entroncamento, cujo objetivo é abordar a actualidade noticiosa local e nacional com interesse para a população do concelho.

Artigos relacionados

*

*

Top