Governo prepara-se para acabar com descontos para crianças e idosos nos transportes ferroviários

intercidades

Sérgio Monteiro, secretário de Estado dos Transportes anunciou que os “meios-bilhetes” nos transportes públicos iriam acabar.
Cerca de 8,8% das receitas da CP, nos serviços regional e de longo curso são viagens vendidas com 50% de desconto a crianças até aos 12 anos e idosos. Só no último ano, foram vendidos 6,5 milhões de meios-bilhetes.

Segundo noticia o Público, “…a percepção existente na empresa é a de que o fim dos meios-bilhetes se traduziria em menos receita devido à diminuição do número de viagens. Esta situação teria mais impacto no serviço regional e de longo curso onde jovens e idosos optam pelo comboio porque nos autocarros não usufruem dos mesmos descontos. Tal acontece mesmo em percursos onde o comboio é mais lento do que o autocarro pois muitos seniores optam pela CP porque não têm desconto na Rede de Expressos.”

A CP não possui estudos de elasticidade da procura em relação ao preço para este segmento, pelo que desconhece se a abolição deste desconto resultaria num aumento da receita por estes passarem a pagar mais ou se, pelo contrário, as receitas cairiam por falta de passageiros, que recorreriam a outras formas de transporte.

Os descontos de 50% para os idosos existem deste o 25 de Abril e o meio-bilhete de crianças nos transportes de caminho-de-ferro sempre existiu em Portugal.

Em países como Espanha, Alemanha e França existem políticas de descontos para jovens e idosos, sendo decididas pelos respectivos gestores das empresas estatais. O mesmo não se passa em Portugal, onde o estado pode interferir em tais decisões.

O fim destes descontos passa assim pela administração da CP, excepto se o accinonista – o Estado – obrigar a administração a acabar com estes descontos.

Se estas políticas forem concretizadas, muitos idosos e crianças serão certamente afectados. É preciso impugnar estas políticas, onde os mais fracos são sempre os mais prejudicados.

Via Esquerda Via Esquerda

Via Esquerda

Via Esquerda é um órgão de informação digital do Bloco de Esquerda do Entroncamento, cujo objetivo é abordar a actualidade noticiosa local e nacional com interesse para a população do concelho.

Artigos relacionados

*

*

Top