Centros de Saúde: utentes não são todos iguais

C saúde 77

Segundo um estudo da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico) revelado pelo jornal Público, existe disparidade de atendimento nos centros de saúde portugueses, devido à coexistência de dois modelos de organização.

É exactamente o que se  passa nas instalações do antigo Centro de Saúde do Entroncamento. Pela mesma porta entram utentes da USF Locomotiva  e da UCSP Entroncamento. Os primeiros têm atendimento em horário mais alargado, um tratamento desigual há muito denunciado pelo Bloco de Esquerda.

De acordo com o Público, “os peritos da OCDE recomendam que os portugueses sejam todos atendidos da mesma forma nos centros de saúde, ultrapassando-se a actual “disparidade” entre unidades de saúde familiar (USF) e as unidades de cuidados de saúde personalizados (UCSP), que não têm a autonomia funcional e técnica nem os incentivos financeiros das primeiras.”

Para que isso seja possível, propõem dois tipos de soluções: ou se estabelece uma data a partir da qual estas últimas unidades são transformadas em USF ou, em alternativa, alargam-se alguns dos incentivos das USF às unidades que ainda funcionam

A propósito, o ministro da Saúde, Paulo Macedo,  anunciou uma “nova estratégia nacional para a qualidade”, sem entrar em pormenores.

Via Esquerda Via Esquerda

Via Esquerda

Via Esquerda é um órgão de informação digital do Bloco de Esquerda do Entroncamento, cujo objetivo é abordar a actualidade noticiosa local e nacional com interesse para a população do concelho.

Artigos relacionados

*

*

Top