Carlos Matias: “Sempre que o povo o quiser, as freguesias extintas devem ser restauradas”

Em Vaqueiros 4 B

Carlos Matias, cabeça de lista do Bloco de Esquerda reuniu com Firmino Oliveira, líder no movimento “Refundar Vaqueiros”, em luta pela restauração daquela freguesia do concelho de Santarém.

A freguesia de Vaqueiros foi uma das muitas que foram extintas na última reorganização do mapa autárquico imposta pela maioria PSD/CDS, em 2013. Ficou agregada a Casével, numa “União de Freguesias” que parece não agradar a nenhuma das partes. A Assembleia de Freguesia da “União” já aprovou uma moção em defesa da… separação.

Acompanhado de Firmino Oliveira, Carlos Matias visitou várias infraestruturas na pequena aldeia de Vaqueiros, muitas delas construídas com o trabalho da própria população, mas agora ao abandono. Verificou o encerramento da extensão de saúde, do infantário e da escola, numa evidente falta de serviços públicos essenciais. O acesso à entrada principal do pequeno cemitério tem ervas altas, outro sinal de incúria.

Firmino Oliveira explicou que a extinção Freguesia de Vaqueiros provocou um grande desânimo na população, maioritariamente envelhecida. “A Junta protagonizava um projeto de desenvolvimento que se vinha afirmando e agora parou”, explicou.

Em contacto direto com moradores, o candidato do Bloco de Esquerda ouviu queixas sobre o abandono a que se sentem votados. “Nem transportes públicos há! Se queremos comprar um grão de sal, temos de ir de táxi…”, lamentava-se uma senhora idosa. De facto, até as mercearias acabaram. Nos dois cafés sobreviventes, o movimento é pouco.

Um grupo de moradores lançou então o movimento “Refundar Vaqueiros”, para recuperar a freguesia. Na vizinha “União das Freguesias de Vale de Figueira e S. Vicente de Paul, nasceu um movimento idêntico, para recuperarem as antigas freguesias. As assembleias de freguesia já deram o seu acordo às restaurações, mas há ainda um longo caminho a percorrer. Uma petição está em curso e deverá vir a se discutida na Assembleia Municipal de Santarém, em Setembro.

Em nome do Bloco de Esquerda, Carlos Matias deu o seu apoio à restauração das freguesias, sempre que for essa a vontade das populações. “É uma questão de democracia e de respeito pelas comunidades locais. E, já agora, de respeito pela Carta de Autonomia do Poder Local, um Tratado internacional que Portugal subscreveu, mas que a maioria PSD/CDS não respeita”, explicou o cabeça de lista de Bloco. “A carta estipula que nenhuma autarquia pode ser criada ou extinta sem que sejam ouvidas as populações. Ora isso não aconteceu e, portanto, há boas razões para restaurar freguesias extintas à força”, afirmou o cabeça de lista do BE, ele próprio um autarca.

 

Via Esquerda Via Esquerda

Via Esquerda

Via Esquerda é um órgão de informação digital do Bloco de Esquerda do Entroncamento, cujo objetivo é abordar a actualidade noticiosa local e nacional com interesse para a população do concelho.

Artigos relacionados

*

*

Top