Câmara é contra a privatização da EMEF e da CP-Carga

manif ferrov 11mar2014 A ent

O executivo municipal considera tratar-se de “empresas com capacidade estratégica e potencial instalado que não deve ser desbaratado, devendo por isso continuar no sector público empresarial”.

Esta tomada de posição da Câmara do Entroncamento foi tomada esta terça-feira, dia em que a comunicação social deu conta da intenção do governo de avançar ainda este mês com a privatização das dias empresas, a 100%. Segundo o Secretário de Estado dos Transportes, já estará a reunir semanalmente o comité que trata da venda das duas empresas. Sérgio Monteiro diz que operação deverá estar concluída até Junho.

Para a Câmara, a venda das duas empresas traduz-se “para além da medida gravosa da alienação de património estratégico numa área fundamental para o país, num claro desrespeito por esta autarquia, dada a sua forte identidade ferroviária.

Além de dirigir ao governo um alargado pedido de esclarecimentos sobre estas operações, a Câmara pronuncia-se desde já “contra as privatizações da CP Carga e da EMEF”.

Esta tomada de posição foi por unânime no executivo municipal. Resulta da aprovação de uma Moção em que foram fundidas duas moções anteriores, sobre o mesmo assunto: uma apresentada pelo PS e outra pelo vereador do Bloco de Esquerda.

 

Via Esquerda Via Esquerda

Via Esquerda

Via Esquerda é um órgão de informação digital do Bloco de Esquerda do Entroncamento, cujo objetivo é abordar a actualidade noticiosa local e nacional com interesse para a população do concelho.

Artigos relacionados

*

*

Top